sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Temperada

Entre os bancos colchoados, todos os ingredientes.
Seu cheiro doce nos meus lábios, água minha boca.
Surge o estouro da sua goma.

- Venha e estoure minhas vontades. 
Percorra a estrada ao meu lado.
Abasteça seu novo amor e infla-me com seus beijos. 
E eu vou te querer para todo o sempre.

Rafael Cunha

Nenhum comentário: