quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Suave

Imagino quando suas franjas se espalharão sobre o meu rosto e quando o seu medo evaporar com o sopro da minha voz. Neste dia casaremos em uma igreja qualquer dos nossos interiores, para depois seus filhos correrem nos meus quintais.

Rafael Cunha

2 comentários:

Tauane Guimarães disse...

Lindo é o único adjetivo da minha cabeça!

Caroline disse...

:)