quinta-feira, 9 de abril de 2009

Neve

Caem os flocos de amor.

São de amor apenas na queda.
Quando nos tocam viram água, escorrem ou evaporam.
Em terra viram solo.

Portanto, assistiremos somente a queda.

Rafael Cunha

Um comentário:

Giulia disse...

Saudosa Tia Perivalda.

prazer =)